Brincos de pressão: mitos e verdades

Padrão

Saiba porque tanta gente aderiu aos brincos de pressão mesmo tendo orelhas furadas e porque algumas mulheres têm tanto receio deles.  

Em muitos países da Europa mulheres vêm usando há muito tempo os famosos “clip on earrings”, e a razão principal é porque não faz parte da cultura furar a orelha de bebezinhos. As meninas optam por furar as orelhas só bem mais tarde, muitas vezes já adultas, e por isso a grande maioria acaba desistindo.

Mas então por que no Brasil, onde a cultura é totalmente diferente (eu furei as orelhinhas da minha filha com 6 dias de vida ), o número de mulheres que aderiu aos brincos de pressão cresceu tanto?

O principal motivo é que antigamente a gente usava brincos pesados sem o famoso “soutien de orelha” ou as novas “tarrachas mágicas”. E nossas orelhinhas foram rasgando, às vezes se abrindo completamente. Mas essa não é a única razão.

Tarrachas mágicas para brincos de pino

Conversando com várias amigas e clientes percebi que os motivos são diversos:  

  • A mulher se tornou mais prática e no corre corre de todo dia prefere pegar um brinco sem tarracha para ir colocando enquanto desce o elevador, a caminho do trabalho, etc.
  • Brincos de pressão, mesmo quando mais pesados, conseguem ser usados por muitas horas mais.
  • Em alguns casos os furos se fecharam depois de um tempo e não têm vontade de furar novamente.
  • Outras têm alergia de contato e o pininho que passa pelo lóbulo aumenta muito o desconforto.

Descobri também que há muitos mitos sobre os brincos de pressão que levam muitas mulheres a desistirem da ideia.

  • Antigamente os brincos de pressão apertavam muito o lóbulo e a gente não conseguia usar por mais de 1/2 hora sem ter vontade de gritar de dor.
  • Brincos de pressão eram coisas de “vovó”: modelos clássicos, pequenos e muitas vezes sem graça.

Foi pensando em tudo isso e procurando atender a tantos pedidos das minhas meninas que decidi me especializar e investir em diversos modelos e no conforto.  

Sempre que viajo procuro todo tipo de novidade relacionada à moda, principalmente acessórios. E foi em uma viagem que descobri as maravilhosas “almofadinhas”! Elas revolucionaram os brincos com a pressão tradicional, pois dão um conforto enorme. Pensei também no que tem o tipo de pressão que se ajusta ao lóbulo e nos brincos magnéticos. Foi assim, como “cobaia” (eu experimentei de tudo), que além dos brincos de pino aderi aos de pressão: ultra práticos, seguros na orelha, mega confortáveis. Além de todos esses benefícios, eles escondem minhas orelhas rasgadinhas, me dando a liberdade de usar todo tipo de brinco que tenho vontade.

Gravei um vídeo que explica direitinho sobre as maravilhosas almofadinhas. Quer conferir?

E você? O que acha dos brincos de pressão de hoje em dia?  Adoro e leio todos os comentários!

beijinhos e até a próxima

Alê

www.alessandraschmidt.com

2 comentários sobre “Brincos de pressão: mitos e verdades

  1. Como não tenho orelha furada, uso apenas brincos de pressão. Realmente há um tempo atrás alguns deles incomodavam um pouco as orelhas, mas como tudo na vida evolui, os brincos atuais são ótimos, não machucam. Encontrei na Alessandra Schmidt tudo o que espero de brincos de pressão, com variedade, design exclusivo, praticidade para usar e comprar. Simplesmente não fico mais sem esses brincos!

    • Querida Marise! Evoluiram muito, não é mesmo!
      Você, sempre linda, me prestigiando sempre! Quero muito poder um dia te conhecer pessoalmente! Quem sabe num próximo evento?
      beijos com carinho
      Alê

Comente este Post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s